24 de dez de 2008

Um Livro.

Saio de casa para comprar os presentes de natal e... E livros por impulso – eu tenho um monte na minha fila de leitura, mas basta entrar numa livraria e tenho que me controlar como uma viciada: só por hoje não vou comprar mais um. E tenho sido feliz assim. Meu bolso cordialmente grita obrigado.

Agora esse aqui é de perder o rumo;

Chama-se "O homem dos Sonhos" (Editora Agir) e é delicioso e imaginativo. Não tem nada a ver com esse chato homem dos sonhos que insiste em habitar nossas mentes só causando confusão, esse é o verdadeiro homem dos sonhos.
Aquele que faz quorum pros nossos sonhos acontecerem. Faz das nossas noites verdadeiras telas de cinema.
Todos os figurantes de todos os nossos sonhos.
Pensem quantos...
E um deles "escreve" esse livro...
Como é ser coadjuvante no sonho dos outros?? Se nem o conhecemos...
Olha... um convite a um profundo e divertido ponto de vista...

Super.
Do balacobaco.
Tou numa lambada louca nestes dias e esse livro me fez parar.
Te dou a dica é por que me importo. Talvez quem sabe com você e de que você tem se alimentado.

Nenhum comentário: