30 de set de 2010

Que diz meu nariz arrebitado

A menina dança



Ain que essa musica é a coisinha mais linda. A cara da passarinho né?! 

27 de set de 2010

Nos meus zóissos.

-Mãe sabe o que o Leoão fez comigo la no zoloco?!
-Oiou dentro dos meus zoissos.

Como vocês sabem, esse é o Lucas. Lembrando dele, queria falar hoje sobre o olhar tá?!

Quando o olhar encontra abrigo no do outro voamos de balão pelo céu de lua gorda, compartilhada e tudo vai bem. Se esse tipo de contato é evitado ou por alguma força maior impedido, a indicação é de que algo se perdeu; está suspenso, quiçá protegido na redoma da individualidade e, lá, silenciado.
A mim parece uma forma peculiar de comunicação; algo se quer dizer, sem que se o diga de um modo possível de ser recebido. Algo é ouvido, pois a falta do olhar vale por um grito ou por uma estranha forma de silenciar. Não há quem fique alheio á descontinuidade na fluidez do contato. O dialogo não necessariamente se cala como não se interrompe totalmente o convívio. Mas a alegria, o sossego e a segurança dão lugar a incertezas, duvidas estranhamentos e temores. Como há uma comunicação, mas não pode ser decodificada, resta ao que foi deixado do lado de fora da redoma a tentativa de preencher o vazio com a imaginação, leia-se OPS! Há pessoas que, diante disso não suportam a humilhação e antecipam-se ao que supõem ser um incipiente abandono, organizam-se para sair de cena. Outros vão tentar preservar a qualquer custo o que já foi estabilizado.
É necessário abrir a situação com toda a clareza, expressar sentimentos, indagar, dispor-se a ouvir, promover uma nova espécie comunicação possível de ser entendida e assimilada. Numa situação como essa podemos aproveitar a preciosa oportunidade para um salto de qualidade nas relações.  Mas também é bem provável que haja um constrangimento, um sentimento de menos-valia, um temor de não ser merecedor ou merecedora da admiração do outro. Olhos que se retraem podem sonegar um aspecto da alma, mas também podem indicar a presença de temores relativos ao andamento das interioridades. Que nos tenhamos coragem de querer, de correr, de esperar, de sonhar e, sobretudo de viver. Só o dialogo sereno poderá clarear a situação. Se houver leveza tudo flutuará dentro daquele balão para as coisinhas tão mais lindas de sempre todo dia. Dia após dia.
Quem deseja se comprometer com esse caminho de fazer do olhar abrigo para os seus?!
Eu queeeero! Socorre Senhor, derrama em nós a Tua Gloria. Ajuda! Nos precisamos aprender a pagar o preço por aquilo que desejamos lá no fundinho do coração. 
Ensina-me! 

Olha a musica da dona bonitinha Nivea Soares também falando sobre olhar;
Há um lugar em ti onde não há temor
Onde eu quero estar pra sempre
Há uma vida em ti que eu preciso ter
Onde eu posso adorar pra sempre
Há uma luz que vem dos teus olhos de amor
Que sara toda dor da alma

Teu esplendor me atrai a ti Senhor
E eu quero beber dos teus rios

Não há melhor lugar pra estar
Que dentro do teu coração
Eu sei que protegido estou em ti
Não há melhor lugar pra estar
Que dentro do teu coração
Eu sei que protegido estou em ti
Eu me vejo em teus olhos
Pois sou teu somente teu
Tua vida me transforma

Quando estou nos braços teus
Pois só tu es Santo, Santo
Há um lugar em ti onde não há temor
Onde eu quero estar pra sempre

Quem quiser ouvir clica

25 de set de 2010

Desde a vovo gatinha

Como eu amo esse menino!
 E hoje 'e sabado e voces sabem ne... conto esse historia do seu moco Chico Buarque;

Tem dias que a gente se sente
como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
[...]
No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...
Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião

Isso tudo 'e pra mostrar pra voces o playlist de sabado;



( Roda Viva)

19 de set de 2010

Pra ninguém esquecer.

verbete "amour

Em francês, "amour" significa o par de meias macias que um estende ao outro ao perceber que seus pezinhos estão esfriando.

 Tenho aqui somente ( por enquanto) um exemplar dessa realidade, ele tem breves dois aninhos de idade.
Olha o meu pés quentinhos virando heroi;


-Mamãe tá no catadô, gingitando e rindo. (ele sozinho brincando com  Cashion Man leia-se Max Steel)


- Mamãe queluoh colo.


-Lucas então põe essa espada no chão.


-Nanão mamãe é di cuicá de você. Você é minha pincessa. A Banca de Neve!

Mar sob o céu, cidade na luz

Quando saio a rua os olhares das pessoas roubam minha espontaneidade.


  Por mais que goste dos sorrisos que me lançam, o fato de saber que estou sendo observada me torna consiente daquilo que há de menos interessante em mim, minhas exterioridades, e nisso eu me perco da outra que estaria simplesmente curtindo o mundo, e devolvendo para ele o melhor de si. Estava contaminada pelas escolhas que fiz sem percecer, e que me enraízavam em areias movediças. Não mais. Ele tem me honrado. O Senhor é.

  Ao longo dos anos fui percebendo uma alternância entre momentos de grande ebulição e outros mais longos de calmaria. Dos meus breves 20 pra cá, as ebulições têm ocupado pouco tempo, aos quais seguem outros muitos de tranquilidade. O que digo? Calmaria, tranquilidade... não existe disso comigo. Se tudo estiver sobre rodas, me enfio num transporte qualquer que me leve para bem longe. Muitas vezes bem longe do todo dia. No entanto, mesmo as voltas com experiencias insolitas, o que ocorre nesses periodos mais estáveis é que ao longo deles dá-se um espécie de destrinchamento daquilo que aconteceu nos tempos das ebulições ( que podem ser alegres ou tristes, não importa, são densos.) O turbilhão vai se enfronhando por meus meandros e se integrando ali, até que, um dia, me dou conta de que fui imensamente modificada;  transformada, não exsite isso de evolução aqui. E olhando para trás percebo que se passou um bom tempo, e que já não penso como pensava, não enxergo nas coisas as mesmas coisas, tenho outros interesses, possuo habitos desconhecidos, e aprecio muitíssimo o que antes não me despertava a atenção.
Foi desse jeito que a coisa se deu há alguns dias quando voltei a atenção pra dentro. Senhor o que é que vai aqui que não preciso mais?
Providencial esse tempo de trabalho lá e cá. Muitos momentos só. E tantos olhares a me observar, destrinchar. - "Camila o que é que há? Eu quero isso!"
 E eram coisas miúdas que davam indicação de que do lado de dentro, lá bem dentrinho de mim tem um monte de pózinho que é pura esperança.
Agora vez ou outra  faço malas, e quando tudo parecia sedimentado, de repente me rasgou a mesmice de tudo, bateu-me um fastio de mim, dos meus arredores, e nasceu um olhar exigente virado pro centro, que insiste em ter de revelado aquilo que só é natural quando minha atitude demonstra zelo pelas coisas eternas. Esse tempo tá aqui, estou irresistivelmente aliançada com elas. As coisas são eternas são leves. Minhas microquestões não podem  me empacar, preciso seguir, mas tenho que me livrar de mim pra voltar a mim. Cansei de minha desimportância, tenho enorme consciência dela. Sou de uma desimportância infinitesimal, e mesmo assim algo me move com fervor. Sinto-me como um navio repleto de lastro que serviu um dia mas que está hoje esquecido em seus porões, fazendo um peso incomodo. Ainda assim, sigo. Preciso fazer mais, muito mais, preciso zarpar e mesmo se o navio afundar preciso me encher com a certeza de que chegarei em Roma. Chegarei ao centro do mundo e serei boca do Senhor aonde eu for.
As ondas batem forte contra os cascos, mas a embarcação segue- e vai em busca do sol.

Quero meus frutos!

Escrevo pra que um dia, com tudo organizado, eu possa viver das possibilidades que hoje não enxergo, guiada pelo Espirito. Vem e alinha a minha vida. Nesse interim me preparo como uma cidadã universalizada que não se prende ao que esta nas exterioridades dos julgadores.
Vou me integrar, consciente, ao todo infinito do qual faço parte.

Não da mais pra voltar.

18 de set de 2010

Outro assunto surpresa

Chegou pra mim; mandou na minha lata. Olha mano é pra você, que é de longe e tem um ar assim recluso.





Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder. Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver.

É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.

É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.



E falando do Martin Luther King achei surreal a leitura além dos muros mudos que sobem. Das pessoas queridas demais que passaram por aqui. Existem muitos pacotes pessoas que estão dormindo pra sempre e que eu sinto uma falta como se tivesse partilhado. Quero aprender e ensinar.

Ora bolas, direi;  "passarinho voa mesmo uai"...
Fica tudo num que de aprender maneiras novas de ficar pra sempre na terra. É o maior papo cabeça até aqui além do meu editor chefe. E umas construções mentais que não sei mais se vieram daqui, ou de lá.

Ah e a vida é boa de levar tá?! A vida é boa de viver. É Sebastião, é bão. É bão.

 
 
ps: saudade da mulher maravilha/acolhedora. saudade do brilhante/pensante/metralhadora de pensamentos mais ágeis que os meus.

Eu vou lá, eu vou lá  ...

17 de set de 2010

Nova Velha Camila de Sempre

Ai que eu queria uma vida mistério. Voando num balão azul, amarelo e furta cor. Ouvindo o gramofone cantar assim;


16 de set de 2010

Queria uma vida levinha

Deus do Impossível -Thales Roberto

Existem certas situações
Difíceis de suportar
Olhamos pro lado e não
Ninguém pode ajudar
Tudo parece impossível
O mar quer nos afogar
As ondas vêm e querem derrubar
A nossa fé

E nos levar ao desespero
Ao desespero

Pensamos que o nosso
Problema é grande
E esquecemos da grandeza de Deus
Desanimados de clamar pensamos
Que Ele não ouve
E então, dá uma vontade de chorar
Eu sei, não dá mais pra agüentar

Eu olho pro alto, vem o socorro
Jesus pode fazer MuitoMais
Ele te ouve, Cristo te ouve
Escuta as suas orações
Ele vai te atender
Deus do impossível
Tudo é possível
Basta crer
Que Deus pode fazer
Infinitamente mais

Ele te ouve
Meu Deus pode fazer
Infinitamente mais
Muitomais


Sei cantar.

E  já que “a arte é um modo de reunir afetos”, como diriam Gilles Deleuze e Félix Guatari; eu posso reunir tudo aqui dentro e cantar pra vocês?!








pros queridos.

15 de set de 2010

Aceito

Naturalmente. Foi assim.
Assino o protocolo e dou fé.




As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
(João10; 27 e 28)

13 de set de 2010

Quando a porta do secreto tá aberta

Depois de tudo, ainda to sem o que dizer.
Tantas perguntas. Além de tudo o PARA QUE essas coisas aqui dentro.
Será possível Senhor?
Antes como de costume, fui ler Isaías 54. Fica feio falar, como de costume, preciso explicar né? Tenho um carinho especial por esse profeta e esse texto marcou  aquele dia e todos os dias subseqüentes. Cada vez me deparo com alguma coisa diferente. Estudando o contexto então... (Um dia vai ter post sobre Isaías) Bele?! Não seja bobo e tire já daí esse pensamento de que eu sou presa a coisas antigas. Será que você tem uma pequena noção a quantos anos, nós estudamos as Escrituras Sagradas? De Jesus até aqui pelo que me consta tem uns 2010 anos...
Voltando;

Na leitura indicada o primeiro livro me fez parar e chorar tudo de novo. Aquelas coisas de boca no pó, que vocês bem sabem. Hoje tô tão caladinha, no colo, esse colo único que me tirou de um turbilhão, da mesmice, da escravidão, fez aliança, me assegura tudo novo e nenhuma divida! Olha que Amor!

Vamos caminhando pra Nova Jerusalém. Quem estiver verdadeiramente do meu lado, vai entrar também nesse lugar prometido e com a presença do Santo de Israel.
Que Ele não falte NUNCA!
O tempo é novo. De mudanças todas. Assovio das cotovias. Rasgou aqui. Vazei. É sempre amor demais. Chorei. Só escrevo para deixar bilhetinhos debaixo das portas, e o nosso amigo/diário/relações publicas o blog que voce esta lendo é uma portassa!

Abro  pra vocês;

Jeremias 30

A palavra que do SENHOR veio a Jeremias, dizendo:
Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Escreve num livro todas as palavras que te tenho falado.
Porque eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que farei voltar do cativeiro o meu povo Israel, e de Judá, diz o SENHOR; e tornarei a trazê-los à terra que dei a seus pais, e a possuirão.
E estas são as palavras que disse o SENHOR, acerca de Israel e de Judá.
Porque assim diz o SENHOR: Ouvimos uma voz de tremor, de temor mas não de paz.
Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos?
Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela.
Porque será naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que eu quebrarei o seu jugo de sobre o teu pescoço, e quebrarei os teus grilhões; e nunca mais se servirão dele os estrangeiros.
Mas servirão ao SENHOR, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei.
Não temas, pois, tu, ó meu servo Jacó, diz o SENHOR, nem te espantes, ó Israel; porque eis que te livrarei de terras de longe, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e descansará, e ficará em sossego, e não haverá quem o atemorize.
Porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te salvar; porquanto darei fim a todas as nações entre as quais te espalhei; a ti, porém, não darei fim, mas castigar-te-ei com medida, e de todo não te terei por inocente.
Porque assim diz o SENHOR: A tua ferida é incurável; a tua chaga é dolorosa.
Não há quem defenda a tua causa para te aplicar curativo; não tens remédios que possam curar.
Todos os teus amantes se esqueceram de ti, e não perguntam por ti; porque te feri com ferida de inimigo, e com castigo de quem é cruel, pela grandeza da tua maldade e multidão de teus pecados.
Por que gritas por causa da tua ferida? Tua dor é incurável. Pela grandeza de tua maldade, e multidão de teus pecados, eu fiz estas coisas.
Por isso todos os que te devoram serão devorados; e todos os teus adversários irão, todos eles, para o cativeiro; e os que te roubam serão roubados, e a todos os que te despojam entregarei ao saque.
Porque te restaurarei a saúde, e te curarei as tuas chagas, diz o SENHOR; porquanto te chamaram a repudiada, dizendo: É Sião, já ninguém pergunta por ela.
Assim diz o SENHOR: Eis que farei voltar do cativeiro as tendas de Jacó, e apiedar-me-ei das suas moradas; e a cidade será reedificada sobre o seu montão, e o palácio permanecerá como habitualmente.
E sairá deles o louvor e a voz de júbilo; e multiplicá-los-ei, e não serão diminuídos, e glorificá-los-ei, e não serão apoucados.
E seus filhos serão como na antiguidade, e a sua congregação será confirmada diante de mim; e castigarei todos os seus opressores.
E os seus nobres serão deles; e o seu governador sairá do meio deles, e o farei aproximar, e ele se chegará a mim; pois, quem de si mesmo se empenharia para chegar-se a mim? diz o SENHOR.
E ser-me-eis por povo, e eu vos serei por Deus.
Eis que a tempestade do SENHOR, a sua indignação, já saiu; uma tempestade varredoura, cairá cruelmente sobre a cabeça dos ímpios.
Não voltará atrás o furor da ira do SENHOR, até que tenha executado e até que tenha cumprido os desígnios do seu coração; no fim dos dias entendereis isto.

Sempre gratidão por todas as palavras. Pela Sua palavra que me corrige, aconselha e conforta.
Obrigada.
 
 
Tudo é teu.
 
E eu só sou capaz de te amar. A porta esta sempre aberta ta?!

12 de set de 2010

Uso imagens.

 Os links são importantes, heim. 



E ai que eu uso imagens pra exemplificar como rodam as coisas dentro a caixola. Ontem (sábado, 11 de setembro de 2010) foi a vez do  Pastor Leo Capochim, usar uma imagem que tá até agora impregnada. Então como vocês bem me conhecem, lá vamos nós!
Pense;


Uma metade de folha amarela e uma metade sei lá que cor. Agora passe cola nas metades, espera 15 minutos.
Dá pra separar? ... Hum. Dá! Mas vai ficar pedacinhos do amarelo, na metade sei lá que cor, e pedacinhos da sei lá que cor no amarelo não é mesmo? Pois então, assim caminha a humanidade e isso do lado de cá é chamado laço de alma. Um verbete indicando que o envolvimento fora da santidade  -leia-se; santidade nos relacionamentos é tudo aquilo que você poderia fazer na frente dos seus pais, se por acaso seus pais terrenos forem, assim, liberais demais, santidade seria tudo aquilo que você poderia fazer na frente do Aba Pai-  pode fazer com o cristão.
Se você como eu, já passou por isso é hora de deixar uma cor passar sobre a sua metade. E a cor é Carmesim.
De que material somos feitos?
Quem pensou no pó da terra tá certo e alinhado com o pensamento da autora. Somos pó. Deus soprou o que havia dentro dEle, ou seja; Ele nessa massa de barro.
Logo, temos a mesma essência do Criador de todas as coisas certo?
 Outra imagem que um filosofo me emprestou; temos em nós a centelha divina. Deu pra pegar?
 Note-se bem que, estando Deus em toda parte e em tudo (Ef. 4:6) e em todos (1 Cor. 15:28), ninguém e nada pode jamais "separar-se" de Deus, donde tudo provém e no qual se encontram todas as coisas, já que Deus é a substância última e primeira, a essência REAL de tudo e de todos. Tudo o que "existe", tudo o que é exteriorizado, não está "fora" de Deus, e sim DENTRO DELE.
Assim, toda criatura humana, quando entrega sua vida a Jesus, torna-se filho de Deus (At. 17:28, "Dele também somos geração"), através do sangue carmesim aspergido no madeiro, a fim de re-ligar a criação ao Criador. E para nos fazer de novo. Vamos nos ater aqui na imagem do papel colado.
Dai esse sangue passa no papel que além de ser reconstituído na sua essência primeira, vai se tornar também carmesim e também amarelo. Algo novo e maravilhoso!
Um minutinho.
Quem é o cabeça da igreja? Jesus. E o seu corpo (a igreja) tem que ser quem? JESUS. Então devemos agir como Ele.

Básico não é?!
Porque é então que vemos o corpo, não agindo como o cabeça? 
-Ah! Camila é de gloria em gloria, brilhando até ser dia perfeito. Não era assim que estava na http://twitter.com/camilavercosa ?

Nesse minutinho me ocorreu uma outra imagem boa pra nos ajudar;

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” – Gálatas 2:20

É possível viver em santidade e conformidade com aquilo que Jesus deixou, MORRENDO o eu, e VIVENDO em Cristo.
Em todas as esferas da vida. Eu disse todas mesmo.
Gente, tô falando isso e é serio. Talvez pareça uma realidade avassaladora, mas não é. É bem simples. Quer viver bem?
MORRA!
 Morra na sua vida do dia-a-dia. Morra no seu namoro. Morra na sua casa. Morra no seu relacionamento com quem te humilha. Morra no seu trabalho. Morra com seus amigos. Morra com seus inimigos. Morra na igreja.
Deixa Jesus viver.
Olha, é porque um tempão estando "viva" só caminhei por estradas que me levariam a morte. E eu não tinha e nem tenho vontade de morrer não! 

(Eu to plugada na vida, eu to curando a ferida..) 

.
To morrendo todo dia. Tem dia que é mais difícil porque a Camila é osso duro de roer, as vezes pensa que é alguém e aí já viu... Só faz merlin.
Eu quero continuar sendo amarela pra Deus poder me usar com aquilo que Ele já me deu, do jeitinho que Ele me fez. Além de tudo, se vocês querem saber não tem nada mais precioso do que alguém olhar e enxergar tudo carmesim! Mas dá também pro amarelo ficar amarelin!
As vezes a única referencia de Jesus que alguém vai ter na vida, é a sua vida. O único evangelho que ela vai escutar são os relatos do seu dia-a-dia. Faça alguma coisa, poxa! Alias, deixa Jesus fazer.
Quero reiterar o pedido de perdão, e me alinhar com essa verdade. Quero ser tudo novo, de novo, todo dia!
Faz diferença sim. E não é impossível.

"Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti."
(Isaías 43;2)

O recado é; tenha cautela com as cores que você tem se envolvido. Peça a luz do Senhor, clame em nome desse Sangue Carmesim, que Ele possa te dar paz. Também não passe cola em qualquer cor que pintar por ai não, só traz confusão, e quando entendemos que precisamos descolar é pedaço e despedaço, muita humilhação e dor. Acredite no que eu digo, por favorzinho! Desfaça ai esse olho cumprido, esses julgamentos na caixola. Seja uma cor radiante que acima de tudo espelhe o carmesim!
Mantenha-se honesto com aquilo que existe dentro de você, lembre-se da imagem dEle na cruz.   

Se cuide*1.
                                                                                                                                               .Cordialmente a coroa. *2 .


*1Felipenses 2: 1-11
Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões,
Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.
Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.
Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.



2* . Proverbios 12; 4
A mulher virtuosa é a coroa do seu marido; porém a que procede vergonhosamente é como apodrecimento nos seus ossos.

A dona do ninho.



E ai que hoje eu vim pra indicar um blog que é a coisinha mais linda do mundo, se chama;
 A dona da Bolsinha

É da super ultra delicadeza sem fim, @JúliaLima e o seu mundo dentro de uma bolsinha, que segundo ela é muito melhor do que o de uma pasta preta portifolio, úoh!

Amei!  Tem um post pra os alunos, sobre as cores que vale mega a pena ler. A dona moça é publicitária das boas e é a doçura nos olhos que me atraiu pro blog, muito particular e parecida com a do lado de cá.
Além disso faz ilustrações lindas, quase assim de chorar, como essa que ilustra o post.
Aprendizes de voo passem por lá, heim!?!

9 de set de 2010

Mãe liga o computadô?

-Mãe;  põe lá no homem alanha?
-Lucas a mamãe tá fazendo outra coisa importante agora, será possível uma pausa?
-Mãe mas o homem alanha é impotante também, puquê eu queluo vê ele, só dez milutos, ele e a Mali Jane.
-Mas porque looooogo agora?
Maaaae o homem alanha salvazas as pessoas tumumundo inteiro, só Jesus que é maisi fote que ele. Me ajude o jacalé ta chegando e eu peciso pa salvaza você!

.
Missão cumprida!

Caixa de Email

                                       







                                     Receita de Mulher do Millôr Fernandes


Os olhos sejam de preferência grandes
E de rotação pelo menos tão lenta quanto A da terra.
O seu semblante, redondo
Sobrancelhas arqueadas
Finos cabelos ( cabe repaginação para o tur sur ton da pele)
Carnes de neve formadas.
Simpáticas feições, cintura breve,
Graciosa postura, porte airoso,
Uma fita, uma flor entre os cabelos.
Amarelada carne, tranças verdes.
Lábios rubros de encanto somente para o beijo daquele de amor.
Nos lobos das orelhas pingentes de prata.
Mão branca, mão macia, suave e cetinosa
Com unhas cor de aurora e luz do meio dia
Os braços frouxos, coração palpitante .
O dorso aveludado, elétrico, felino
Porejando um vapor aromático e fino.
Com mil fragrâncias sutis e que sejam doces.
Fervendo em suas veias a dor de não ver um mundo melhorado pelo amor e pela cortesia.
Derramando no ar uma preguiça morna de alguém que trabalha todo dia.
Gravíssimo porém é o problema das saboneteiras
Uma mulher sem saboneteiras
É como um rio sem pontes.
Imprimindo nas roupas um contorno eloqüente, mas, sempre elegante.
Qualquer coisa que venha de ânsias ainda incertas
Como uma ave que acorda e, inda mal acordada,
Move, numa tonteira, as asas entreabertas.
De longe, é sempre saudade.
Perfeição da geometria.
Que no verão seja assaltada por uma remota vontade de voar.
A graça da raça espanhola no Verçosa a tilintar.
E todo o conjunto deve exprimir a inquietação e espera. Espera, eu disse? Então vou indo, que senão, me atraso!

*Vinícius que me perdoe plagiá-lo. Mas beleza é fundamental. (M.F.)




ps; A foto que ilustra o post foi porque lá pelas tantas a internet ainda me faz dar risada.
Face ardendo e  aqui pensando;  as coisinhas tão mais lindas.
O poema é do Milôr Fernandes, e chegou no email assim do nada, re-editado. Cabe googlar pra não perder o original.
Tive que postar, por concordar com o Molière; 

"A palavra foi dada ao homem para explicar os seus pensamentos, e assim como os pensamentos são os retratos das coisas, da mesma forma as nossas palavras são retratos dos nossos pensamentos."

Esse retrato de pensamento vai ficar pregado com as mesmas tachas que vão marcando minha caixola. Nela as estrelas vão caindo fazendo aquele monte que não é de areia e agora é tanta esperança brilhando que vim aqui assoprar um pouco em você.
A assinatura do post é essa;

Olhos bons pra enxergar, além e adiante.