30 de jul de 2013

De hoje

Deus deu à igreja a possibilidade de realizar a expressão da comunidade.  Até quando Jesus nos ensina a orar Ele diz:

“Pai nosso.” e não “Meu Pai”. Pois a comunidade está presente ate no momento de privacidade do cristão.

Qual o objetivo? 

Não, para o meu deleite, mas para o serviço do outro. 
Todas as possibilidades que recebo são para fazer pelo outro. 

Se Deus já cuida de mim; cuidar de mim é exagero, então vou cuidar do outro que não entendeu ainda que Deus cuida de nos! 

Amor é um estilo de vida que nos leva a viver para o bem da unidade humana.  (Veja 1co13)

O amor aceita o outro às vezes apesar do outro, e não pode ser atingido! 
É um ato independente da resposta /ação/ percepção do outro.

O amor é a maior força do mundo. Ninguém pode lutar contra o amor e prevalecer. O amor cobre multidão de pecados. O amor triunfa sobre o ódio. O amor é guerreiro, tudo suporta. O amor é cheio de esperança, tudo espera. O amor não pode ser destruído pelas ondas revoltas do mar da vida; o amor jamais acaba. Quando amamos, tornamo-nos parecidos com Deus, pois Deus é amor. Quem ama conhece a Deus e vive na luz. O amor é o argumento irresistível, a apologética final!

Nenhum comentário: