9 de fev de 2013

Quero dois ou três cata-ventos

.

...receio da confusão, que estresse.apatia.
Das atitudes, mágoas. Escuto música as alturas, quero somente amortecer a velocidade em que gira o mundo e mudar de idéia. Quem sabe o porque do quê?
-Quê que ce ta falando?
-Nada, nada. É só a vida com surpresas. Queria ser do século dezenove, arfar o peito e ajoelhar num confessionário de madeira. E eu não entendo de madeira.Entendo de culpas. Mas é negra a solidão de quem escreve. Na casa dos meus avós tinha móveis negros. Não tenho mais ninguém para mexer nas gavetas e tomar coca-cola pequena no gargalo.
.

Nenhum comentário: