14 de jan de 2013

De salto porem de joelhos

Sejamos corteses hoje!

Assim, os outros se sentirão melhor em nossa companhia.



O prestigiado escritor Afonso Ussía, na introdução da sua obra Manual de Boas maneiras, diz: “A vida é muito mais cômoda e agradável se a convivência se basear na cortesia.”

Parece que hoje a cortesia não está em moda. No entanto, se observarmos veremos como a cortesia é importante para a nossa saúde mental.

Os gestos educados que semearmos nos obrigarão a cultivar os mesmos gestos e por conseqüência os colheremos, o que nos leva novamente ao inicio; semear outra vez. Isso tente a modificar nos pouco a pouco.

Quando uma pessoa nos cumprimenta, nos sorri, nos cede à passagem, é alegre, é cortês e educada conosco, por acaso ela nos incomoda? Os outros não são diferentes. Também agradecerão as demonstrações de cortesia que lhes dermos.

Há uns anos houve, em Barcelona, uma campanha para motoristas, intitulada: “Sejamos melhores” e posteriormente, em âmbito internacional, uma sobre o nosso tema com o slogan: “A cortesia é contagiosa” em que valoriza o efeito multiplicador da atitude corte e amável iniciada por uma pessoa. Assim como a conhecida frase: “Gentileza gera gentileza”. Alguém tem que começar a contagiar os outros.

Por que não cumprimentarmos cordialmente os outros hoje? Vamos sorrir para os outros, hoje?

Vamos-lhes dar passagem, hoje? E trabalhar com alegria, hoje? Porque ser alegre é ser educado. Difundamos hoje este saudável habito recordando que a cortesia é contagiosa.



Sigamos este impulso:

Sejamos corteses hoje!

Assim, os outros se sentirão melhor em nossa companhia.







Nenhum comentário: