12 de mai de 2012

Te amo.



Quando eu amo não sei o que dizer

E quando eu digo não sei amar

Penso que amo, tenho certeza

No silencio

E por tantas vezes não sei pensar

Assim digo o que penso

Mas tenho certeza que amo

Amo com saudade e com vontade

Mesmo não tendo a vontade de amar nesse coração enganoso que você amou

Mas juro sentir saudade da eternidade.

Vezes penso que é mais um caminho
Em tempos penso ser uma bobeira

Penso ser inocência da imaturidade crer que tudo pode mudar.

Mas me findo na certeza da verdade

Pois quando eu amo não sei dizer

Quando eu digo não sei amar

Se não fosse amor eu saberia dizer

Ou até achar que eu saberia amar

Mas não estaria certo

Com tudo isso deixar pra lá.

Só por hoje.

Deixei os para sempres e assumo o só por hoje.

Tu és o meu só por hoje.

Nenhum comentário: