6 de out de 2010

O que ocupa a sua mente?


E você já parou para pensar quanta coisa acontece enquanto você pensa!? Já, é claro que já!
Enquanto aviões rasgam os céus, Navios rasgam os mares, Carros dobram as esquinas... Você esta aqui. E a sua mente pode ter viajado ate lá. Mas você está aqui!
Enquanto pessoas trabalham, estudam, não fazem nada, Leem livros, assistem um filme, observam uma paisagem, uma praia, uma montanha, pessoas dormem, se alimentam, nascem... Morre. E você está aqui!
PARE. Olhe em volta de você, pense em tudo que possa estar agora e eu pergunto. Existe uma razão para isso? Existe um motivo para estarmos aqui, aonde isso vai nos levar? Qual o propósito disso? Onde estamos? Pra onde vamos?
Mas volte, não podemos ficar parados.. Temos que continuar a viver, continuar a sonhar pois somos capazes de construir novamente aquilo que se perdeu  e viver um dia de cada vez. Não podemos mudar o passado, mas o futuro só vai existir se começarmos a construí-lo HOJE, agora.
Precisamos aprender a entender as coisas “simples” da vida. Simples? Assim como a água que é fonte de vida... Assim como o ar que respiramos. Assim como o Sol, a Lua, as Estrelas... Você já agradeceu a Ele por tudo isso?
E o que Ele significa pra você? Seria a explicação para tudo aquilo que não conseguimos entender? O Todo Poderoso? Ou aquele a quem você lembra quando esta passando por dificuldades? Se não fosse por Ele, existiríamos?
Quanta coisa passa e não nos damos conta de que o passado não volta, o futuro existe pra termos esperança naquilo que não vemos e só temos a dádiva do presente! Por isso viva cada dia, como se fosse o último, e se achar que esta dando tudo errado... Lembre-se de agradecer a Ele por ter acordado hoje com uma nova oportunidade de fazer as coisas darem certo. Lembrei-me de que é dia apos dia tomando cada um a sua cruz e O seguindo. Bendita Cruz! Bendita dor, bendita injustiça, bendita acusação, bendita falta, bendita perseguição, bendita boca que despeja palavras ferinas, benditos julgadores, benditos caluniadores, bendito espinho na carne. Bendita Cruz! Que é a certeza da mortificação, da ressurreição e assim; do céu mais próximo, e mais próximos do Senhor eternamente!
Nós colhemos aquilo que plantamos. E o que plantamos? Se eu pudesse sugerir, eu diria:Plante o amor... Sinta o amor... Viva o amor... experimente! Doe-se aos seus em amor, com amor e por amor ! Pois Ele sendo amor se entregou até o fim.
E depois me conte o que colheu.

Nenhum comentário: