26 de mar de 2009

Ps: Falo por mim.

Menina bonita bordada de flor.


Eu ja disse à vocês que esse negocio de ser bonita é um pouco deprimente?
Bom alias uma coisa, ser bonita nada, até porque ;

- Defina bonita-

(...) Viu? Não é facil.

Muito bem meu bem sempre trouxe uma coisa comigo que é a seguinte:
Bonita para o olho que vê. A beleza esta no olho de quem vê -ensinou a vovó Rais- (alias hoje chorei de saudades dela)
E ai, conseguiu entender?!
Isso é uma coisa sua, não tenho como precípua, nem nada... Você é que vá se resolver se eu causo (ou não) reações inside. Não sou comprometida com isso.
Fica tudo numa cobrança sem fim;
é bonita
é burra
é inteligente
é reticente
é confusa
é factual -sem duvida essa foi a melhor das que eu ouvi, por estes dias-
é rude
é seca
é sadica
é isso
é aquilo
é assado
é torrado
(...)

Mulher bonita é um problema, ame as feias...

Fico achando tudo uma covardia sem tamanho.
Alias a omissão anda dando as mãos por ai, reduzindo, segregando e limitanto, como sempre.
Outros conceitos, escrevo depois.






Isso não é justo, mas é seu direito.
O dever ser. Justiça -coneito mais amplo-. Direito é inerente à?!
Justiça, carater do justo.
Referencia: Jesus! Ele?
Foi entregue como ovelha muda, não abriu a boca.
Mas eu não sou Jesus!
É imagem e semelhança do Pai. E quem vê o Pai vê a mim, a saber Jesus.
Agora vá dormir com essa meu amigo!


Respeito.

Respeito os Zezes por ai ; homens introspectivos ( focados em suas vidas sociais, corpos e bundas que tem vida propria), cerebrais, doentes de idéias. Na solidão das suas decrépidas escolhas de caminhos e indecisões são assolados por uma torrente de idéias - deixo essa de lado- progressistas? mas vá lá revolucinárias. Conheço, e me mantenho distante.. Gosto de pessoas servas, livres, leves, delicadas, reais e seguras daquilo que querem e que esperam da vida. Encarnam o típico intelectual crítico pós-iluminista, racionalista e humanista que não se peja de fazer tabula rasa de todo o legado cultural tradicional do grupo social que esta inserido. Tem algo de Justiça, como sombra e lembrança terna. A moral cristã tradicional lhe satisfaz, sente-se digno de superá-la, julga-se acima dela (afinal sendo filho de Deus, tem esse direito), mas acusa friamente quem age ( assim como ele) de maneira amoral.
Seu direito termina, aonde começa o meu.
Respeito todos na opinião e nos principios de vida que escolheram. Eu sou da lealdade. Endurecer sem perder a termura. Me basta. Sou poeta??
Seu direito começa, aonde termina o meu.
Respeito os Zezes Galanteadores que usam o que eu digo pra ter assunto comigo, achando que é facil decifrar lendo aqui, minhas coisas...despretenciosas.
Seu direito começa, aonde termina o meu.
Respeito a todos que não sabem o que fazem. Naquela maxima da biblia em que Jesus diz ao seu Pai: "perdoa, eles não sabem o que fazem"
Seu direito começa, aonde termina o meu.
Não te ligo farinha de trigo e fica tudo no bonus: Estou com um compromisso marcado para logo e não posso me envolver.
Seu direito começa, aonde termina o meu.
Respeito muitas coisas.



Não é um post elucidativo, é só observação e o simples prazer de compartilhar.

Nenhum comentário: